Xô ar seco

O ar seco costuma ser um dos grandes vilões do inverno. Ele resseca olhos, nariz e garganta, fragilizando a região e abrindo as portas do organismo para ácaros e outros micro-organismos que podem desencadear ou piorar o quadro de condições alérgicas.

Para evitar essa situação, siga a dica do Melagrião: é importante evitar passar muito tempo em ambientes fechados e com ar condicionado, pois ele resseca o ar e pode agravar quadros de sinusite e bronquite. Para ficar no quentinho e minimizar os efeitos desse aparelho, use umidificadores de ar, toalhas molhadas ou reservatórios com água nos quartos, assim é possível manter o ar menos seco.Em caso de irritação, use soro fisiológico nos olhos e narinas para aliviar a sensação.

Saiba mais

Curta a página do Laboratório Catarinense

Laboratório Catarinense
AO PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO

Melagrião® M.S. 1.0066.0055.001-4 DCB: Aconitum napellus L., Nasturtium officinale R. Brown, Myroxylon balsamum (L.) Harms, Mikania glomerata Spreng, Cephaelis ipecacuanha (Brot.) A. Rich, Polygala senega L. Contra-indicações: Não deve ser usado por pacientes com hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula. Não se recomenda o uso do Melagrião® Xarope em casos de inflamação do estômago, úlceras gástricas e intestinais e na doença renal inflamatória. Também não se recomenda seu uso em pacientes com deficiência da atividade da tireóide, com problemas cardíacos e com pressão sanguínea muito baixa. Não recomendamos o uso de Melagrião® Xarope durante a gravidez e lactação, e também não por diabéticos devido a presença de açúcar na sua formulação. Este medicamente é contra indicado para menores de 2 anos. Este medicamento é contra indicado para uso por diabéticos. Este medicamento é contra indicado para uso por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista [Categoria C]. Medicamento registrado com base no uso tradicional, não sendo recomendado seu uso por período prolongado.